Vantagens E Desvantagens De Um ERP

Quais as principais vantagens e desvantagens de um ERP?

O sistema de gestão Enterprise Resource Planning (ERP) é um software que engloba todos os dados da empresa em um tipo de sistema unificado. Ou seja, ele existe com o propósito de arquivar todas as informações com fácil acesso e de maneira simples.

Porém, é importante destacar que existem aspectos favoráveis e desfavoráveis na implantação do sistema ERP nas organizações.

Investir nesse sistema é algo um pouco complexo e, assim como outros investimentos realizados por qualquer empresa, exige um planejamento eficaz e bem implementado — havendo sempre fatores internos e externos diretamente ligados ao cotidiano da organização — como forma de sustentar esse planejamento.

Neste post, falaremos sobre as principais vantagens e desvantagens de um ERP em sua empresa. Acompanhe!

Vantagens do ERP

Redução de fraudes e de erros

O sistema ERP possibilita uma análise completa de todos os processos da empresa. Assim, decisões a respeito da manutenção dos estoques e de compras de material, por exemplo, podem ser tomadas com base nos dados da empresa, impedindo que compras mal planejadas sejam realizadas e que haja desperdício de dinheiro.

Gestão completa e padronizada

É possível englobar os dados de todos os departamentos por meio desse software — possibilitando uma análise mais ampla e consolidada dos resultados adquiridos.

Controle maior sobre o ciclo de produção

As ferramentas existentes no sistema ERP ajudam muito no planejamento da empresa e de todo o seu ciclo produtivo.

As empresas têm grandes chances de conquistar resultados mais satisfatórios e otimizar a qualidade do produto que oferecem por meio de uma administração meticulosa de todas as etapas de um serviço ou do processo de produção.

Modernização dos processos

Os processos empresariais passam a ser automatizados por meio do sistema ERP online dando fim aos velhos e vagarosos processos manuais e também à utilização de papéis e documentos por escrito.

Desvantagens do ERP

Custo-benefício

Dentre as vantagens e desvantagens de um ERP, o custo-benefício pode significar desvantagem quando o assunto é desenvolver seu próprio sistema.

Geralmente, o custo total de propriedade (TCO) para desenvolver e manter um novo sistema é maior do que o TCO para comprar e implementar um sistema de mercado.

Porém, lembre-se de somar não só o custo de desenvolvimento, mas também todos os custos do ciclo de vida (atualizações técnicas, recursos internos, melhorias, etc.) na equação.

Falta de cumprimento dos requisitos

O maior esforço ao desenvolver um sistema ERP é determinar o que o sistema deve executar de fato. Isso pode consumir muito tempo e demanda o olhar de profissionais como analistas de sistemas, gestores de projeto, designers de interface, arquitetos de soluções, entre outros.

O desenvolvimento interno, normalmente, não consegue abranger esses aspectos, assim, detalhes essenciais correm o risco de ser deixados de lado — sendo lembrados apenas durante a implementação ou a utilização pelos usuários finais.

Dificuldades com suporte e atualização

Devido à sua integração com outros sistemas e até mesmo para otimizar o desempenho, um ERP deve estar em constante atualização. Esse trabalho é tarefa da equipe de TI da empresa, quando desenvolvido internamente.

É necessário contar com a ajuda de pessoas dedicadas ao realizar as adaptações e atualizações — além de profissionais para auxílio aos usuários e atendimento aos chamados.

Geralmente, o atendimento ofertado pela equipe de um fornecedor da solução ERP é melhor e mais ágil, pois a organização pode definir os níveis de serviços antecipadamente, de acordo com a necessidade de sua operação.

Por fim, vimos as vantagens e desvantagens de um ERP em sua empresa. Implementar esse sistema definitivamente não é muito fácil, mas é de extrema importância para a segurança dos dados de seu negócio e a produtividade dos processos.

É importante salientar também a necessidade de adequar sua equipe e sua estrutura para que ambos possam extrair o máximo possível desse sistema bastante vantajoso para a organização.

Você gostou do nosso post sobre ERP? Então continue sua visita ao nosso blog, leia agora mesmo o texto “3 dicas para melhorar a gestão financeira da empresa” e saiba mais sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *