Como Calcular Os Precos De Produtos E Servicos.jpeg

Como calcular os preços de produtos e serviços?

Saber calcular preços de produtos e serviços é essencial para a sobrevivência e o crescimento de qualquer negócio, independente do seu tamanho ou segmento. Com clientes cada vez mais seletivos, essa tarefa ganha um destaque ainda maior.

O cálculo dos preços envolve a análise de diversas variáveis, como os concorrentes, os clientes e os custos envolvidos com o trabalho. Para se chegar ao valor ideal, tudo isso deve ser considerado.

Criamos este post para explicar como calcular preços de produtos e serviços de forma estratégica e eficiente. Boa leitura!

Custos: entenda claramente todos os envolvidos

Essa é a parte mais trabalhosa e essencial para a precificação dos produtos. Entender os custos que envolvem sua atividade é um importante aspecto para se chegar a um preço estratégico e atraente para o consumidor final.

Os custos podem ser fixos ou variáveis.

Os custos variáveis oscilam de acordo com o nível de produção da sua empresa. Os mais conhecidos são: custos com mão de obra (comissão, horas extras, etc.), custos com materiais e fretes relativos a vendas.

Os custos fixos são aqueles que permanecem sempre os mesmos, independente da produção. Entre os custos fixos mais comuns, estão aluguel, folha de pagamento, internet e vigilância.

Classifique todos os custos envolvidos. Seu objetivo é simples: chegar a um preço com o qual possa pagar todas as contas e ainda sobrar a margem de lucro desejada. Para isso, você deve ratear os custos no preço final dos seus produtos e serviços.

Clientes: cobre o máximo sem perder nenhum

Outro segredo para se chegar ao preço ideal é entender o seu público-alvo, ou melhor, saber até quanto ele está disposto a pagar. Bob Fifer, renomado economista de Harvard, diz que o segredo é saber cobrar o máximo possível sem perder um único cliente.

Porém, como fazer isso de forma eficiente? Como saber de fato quanto os clientes estão dispostos a desembolsar e, assim, precificar corretamente os produtos/serviços?

Primeiro, invista em uma boa pesquisa de mercado. Pergunte, literalmente, aos consumidores quanto eles estão dispostos a pagar e qual a sua percepção de valor do produto/serviço oferecido por sua empresa. Obtenha o máximo de feedback possível.

Segundo, teste novos valores e busque entender a elasticidade dos seus preços. Observe como a demanda pelos produtos/serviços cai ou cresce de acordo com o preço atribuído. Isso será muito útil na decisão final.

Concorrentes: analise e aprenda com eles

Alguns empresários parecem ter receio de calcular preços de produtos e serviços da sua loja levando em consideração os concorrentes. Esse é um enorme erro. As demais empresas são uma ótima fonte de inspiração, então não deixe de observá-las.

Uma das ferramentas mais eficientes nesse sentido é o benchmarking, que objetiva analisar e entender a estratégia de outras corporações. Seu uso é relativamente simples. Veja o processo abaixo:

  • Defina dois ou três concorrentes que serão analisados.
  • Escolha os pontos de análise – nesse caso, o preço praticado.
  • Defina a estratégia para análise dos pontos desejados.
  • Compare as informações coletadas com a sua própria empresa.
  • Implemente em sua empresa as melhorias necessárias.

As principais estratégias para análise dos concorrentes são: visita de clientes ocultos, observação de jornais, revistas, redes sociais e site corporativo.

No final, o objetivo não é copiar, mas trazer melhorias constantes para a sua empresa.

Agora você já está pronto para calcular preços de produtos e serviços da sua empresa. Achou interessante? Aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *