Esqueça o 3D: nova tecnologia, chamada QD, promete revolucionar aparelhos eletrônicos - Asplan Sistemas

Esqueça o 3D: nova tecnologia, chamada QD, promete revolucionar aparelhos eletrônicos

Pesquisadores desenvolveram uma nova forma para reproduzir imagens, que
poderá ser usada na fabricação de televisores ultra-finos, flexíveis e
com alto poder de resolução, muito acima do famoso 3D.

Conhecida como “pontos quânticos” (“QD”, na sigla em inglês), a novidade
é feita a partir da emissão de luz de minúsculos cristais, que são 100
mil vezes menores que a largura de um fio de cabelo. Ao mudar o tamanho
desses cristais, os cientistas descobriram ser possível manipular a cor
da luz que eles produzem, o que acaba gerando um efeito mais colorido e
natural.

Segundo o jornal The Telegraph,
Os pesquisadores esperam que os primeiros televisores de pontos
quânticos, com cores melhoradas e telas ainda mais finas, estejam
disponíveis nas lojas até o final de 2012. Já a versão flexível deve
levar pelo menos três anos para chegar ao mercado.

“Estamos trabalhando com algumas das principais empresas de produtos
asiáticos. Alguns itens já farão parte da próxima geração de televisores
de tela plana. A verdadeira vantagem fornecida por esse recurso é que
elas podem ser impressas numa folha de plástico e facilmente enroladas
ou dobradas pelo usuário”, explica Michael Edelman, diretor executivo da
companhia Nanoco.

Mesmo sem a divulgação de quais são as empresas que a Nanoco está
trabalhando, especula-se que entre elas estejam a Sony, Sharp, Samsung e
LG.

Apesar do avanço tecnológico, a escassez de alguns elementos para a
produção desses displays tem impulsionado os custos de mercado, o que
leva as empresas de eletrônicos a procurar novas maneiras de fazer seus
produtos.

Além de televisores, displays e outros aparelhos, os pontos quânticos
poderão ser usados para a fabricação de novos tipos de lâmpadas mais
eficientes, como também ser alimentados por energia solar.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/esqueca-o-3d-nova-tecnologia-tornara-aparelhos-mais-finos-e-flexiveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *