Governo repassa verba para Telebras acelerar banda larga na região Norte - Asplan Sistemas

Governo repassa verba para Telebras acelerar banda larga na região Norte

Ministério das Comunicações diz que vai repassar mais R$ 62,5 milhões.Ideia é usar infraestrutura da rede de energia da Eletronorte, informou.

O Ministério das Comunicações informou nesta quarta-feira (14) que vai
repassar R$ 62,5 milhões para que a Telebras possa realizar
investimentos em infraestrutura de telecomunicações na região Norte do
país. Com isso, a disponibilidade de recursos para investimentos da
estatal passará para R$ 113 milhões.

om estes recursos, a Telebras vai estender sua rede para atender a
demanda da região Norte, no trecho entre os municípios de Santarém e
Jurupari, no estado do Pará, e entre as capitais de Macapá (AM) e Manaus
(AM), complementando o chamado “anel norte”, informou o governo.

O plano inicial do governo era começar a trabalhar com o sistema de
telecomunicações da região Norte somente em 2014. Entretanto, o objetivo
atual é de concluir a conexão das cidades desta região até 2014 –
antecipando, assim, o cronograma.

De acordo com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, essa
antecipação de recursos “não vai deixar tudo resolvido”. “Mas com
certeza vai ampliar a capacidade de infraestrutura e a oferta de
serviços. A região, de fato, está muito desassistida”, disse ele.

Levando em consideração que não existe sistema de telecomunicações
disponível nos trajetos, a ideia é usar a infraestrutura da rede de
energia elétrica da Eletronorte já existente e acomodar o cabo de fibra
ótica da Telebras, informou o Ministério das Comunicações.

Segundo o governo, o projeto contempla o lançamento de 2.800
quilômetros de fibra ótica, a construção de 20 pontos de presença e a
instalação de “diversos” equipamentos. O plano já está preparado, ainda
de acordo com o Ministério das Comunicações, para atender à demanda da
Copa do Mundo de 2014, lembrando que Manaus será uma das sedes do
evento.

Com os novos investimentos, a Telebras informou que o programa nacional
de banda larga (PNBL) do governo poderá chegar a 3,6 milhões de
domicílios em 214 municípios da região Norte e Centro-Oeste do país até
2014 por meio da rede de comunicações da empresa.

“A ideia é beneficiar 14,6 milhões de habitantes com acesso à internet
de baixo custo e alta velocidade. Ainda em 2012, o sinal da internet já
estará disponível para provedores de Belém, Cuiabá, Porto Velho, Rio
Branco, Manaus e Macapá”, acrescentou a Telebras.

A previsão da empresa estatal é de atender, no ano que vem, 19
municípios do Pará, 13 do Mato Grosso, 12 de Rondônia, dois de Roraima,
três do Amazonas e dois do Acre. Em 2013, a expectativa é de chegar a 24
municípios do Pará, 10 de Rondônia, 1 do Acre e 1 do Tocantins.  Já em
2014, a rede da Telebras deverá atingir outras 69 cidades do Pará, 27 de
Rondônia, 5 do Acre, 6 do Amapá, 15 do Amazonas e 5 do Tocantins.

Fonte: http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/12/governo-repassa-verba-para-telebras-acelerar-banda-larga-na-regiao-norte.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *