Nova tecnologia fará busca do Google pensar como humanos

Com novos recursos, em funcionamento só nos EUA, busca oferecerá resultados mais precisos

O Google acaba de anunciar uma grande mudança na tecnologia de buscas
que permitirá que os internautas encontrem informações mais precisas e
resultados complementares à solicitação original. Chamada de Knowledge
Graph, a nova tecnologia “entende” o contexto de uma busca. “A busca
ficará mais inteligente, porque entenderá as nuances do termo usado”,
diz Amit Singhal, vice-presidente sênior do Google.

Na prática, ao digitar um termo de busca, o algoritmo do Google não
só pesquisará os resultados mais relevantes que contém as palavras, como
acrescentará aos resultados outras informações complementares. Se um
internauta digitar Leonardo da Vinci na busca do Google, além de
retornar páginas sobre o artista, a busca mostrará artistas
relacionados, outros termos de busca relacionados e imagens das obras do
artista.

“Trata-se do primeiro passo crítico para construir a próxima geração
da busca, que usa a inteligência coletiva da web para entender o mundo
de uma maneira mais parecida com os humanos”, diz Singhal. Por enquanto,
a nova tecnologia de busca só funciona na versão americana da busca do
Google – na web, smartphones e tablets. Veja mais detalhes no vídeo
abaixo (em inglês):

O Knowledge Graph funciona a partir de uma rede de objetos, ou seja,
uma série de conteúdos que se relacionam entre si. Segundo o Google, a
nova tecnologia já usa mais de 500 milhões de objetos, além de 3,5
bilhões de informações e relacionamentos entre os objetos. Esses grupos
de conteúdo são formados com informações colhidas pela busca, como os
termos mais usados, e também por conteúdos encontrados na web.

O que muda na nova busca do Google

De acordo com o Google, a busca mostrará resultados mais próximos das
expectativas dos usuários. Com a nova tecnologia, o serviço será capaz
de entender termos que tenham diferentes significados. Como resultado, a
busca passará a exibir apenas os resultados que o usuário procura e não
todos os resultados que contém determinado termo.

Em todas as buscas, os usuários agora terão acesso a um box com
informações relevantes sobre o termo usado, à direita dos resultados de
busca. Ao pesquisar sobre uma pessoa, por exemplo, o box mostrará um
resumo da biografia, uma foto, além da data de nascimento e morte (se
for o caso), fotos de pessoas relacionadas e links para termos de busca
relacionados.

Foto: Divulgação
Box na busca do Google mostrará informações resumidar sobre assunto pesquisado

Para montar este resumo, o sistema de busca identifica quais as
informações relacionadas ao termo usado têm sido pesquisadas por outros
internautas. A busca “entende” que, ao pesquisar sobre os filmes que
Brad Pitt participou, o internauta também poderá se interessar pelos
filmes que Angelina Jolie, sua esposa, trabalhou.

Com a ajuda da busca, o Google espera que os usuários aprofundem o
conhecimento a respeito dos assuntos que os interessam. “Nós sempre
acreditamos que a busca perfeita deve entender exatamente o que você
quis dizer e retornar apenas os resultados que você quer”, diz Singhal.

Fonte: http://tecnologia.ig.com.br/2012-05-16/nova-tecnologia-fara-busca-do-google-pensar-como-humanos.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *