Novo acordo Google-Mozilla ameaça Internet Explorer - Asplan Sistemas

Novo acordo Google-Mozilla ameaça Internet Explorer

O Google e a Fundação Mozilla renovaram o acordo que define o
buscador como padrão no Firefox. Pode ser o fim definitivo da era
Internet Explorer.

O Firefox depende do dinheiro do Google para se sustentar. De acordo com o último balanço divulgado pela Mozilla, 98% da receita da organização vem das parcerias em buscas. E, embora haja uma “amizade” também com o Bing e Yahoo!, a maior parte dessa quantia vem mesmo é do Google. Os termos do acordo não foram divulgados, e a decisão demorou a ser anunciada. Isso mostra como a negociação foi dura, com direito até a ameaças veladas . No próximo balanço, saberemos se o porcentual de repasse do Google aumentou ou diminuiu. é bem provável que tenha aumentado.

Como se chegou a um entendimento, os desenvolvedores do Firefox terão
tranquilidade para  desenvolver o browser por mais três anos. Poderão,
assim, trazer inovações e aprimorar recursos. Some isso ao crescimento
do Chrome, que se tornou o segundo navegador mais usado no planeta, e
fica fácil perceber que o Internet Explorer tem grandes chances de
perder a liderança em dois anos. Juntos, Chrome e Firefox já detêm a
maior parcela do mercado, de acordo com o Statcounter (51% do total). Isso aumentará nos próximos anos.

O Chrome mantém-se em uma curva de crescimento desde que foi
anunciado. Já o Firefox, que estava com 30% do mercado, começou a
declinar em abril deste ano. Bugs frequentes e falta de recursos
atraentes estão entre as razões para que o navegador começasse a perder
usuários. Com a nova injeção de recursos do Google, a situação poderá
ser revertida. Os dias de supremacia do Internet Explorer estão
contados.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/blogs/nalinhadogoogle/google-chrome/novo-acordo-google-mozilla-ameaca-internet-explorer/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *