Saiba o que a busca do Facebook pode encontrar sobre você - Asplan Sistemas

Saiba o que a busca do Facebook pode encontrar sobre você

Anunciado na terça-feira (15), o “Graph Search” (“Busca Social”, em
português), novo mecanismo de busca do Facebook, promete exibir
resultados mais relevantes e detalhados como “esportes preferidos dos
meus amigos” ou “amigas solteiras que moram em São Paulo”..

O mecanismo depende exclusivamente das informações preenchidas nos perfis para formular o resultado. De acordo com o Facebook,
a busca social permite que o usuário procure por conteúdos
compartilhados por ele no Facebook, assim como seus amigos poderão
encontrar as informações que o usuário compartilhou com eles na rede
social. Conteúdo configurado como “Público” poderá ser visto por outras
pessoas que não estão nas suas conexões.

Resultado de uma busca a partir de uma express?o espec?fica. (Foto: Divulga??o)Resultado de uma busca a partir de uma expressão específica. (Foto: Divulgação)

A primeira versão da busca social tem foco em quatro áreas: pessoas,
fotos, locais e interesses. Conforme a companhia, no futuro também será
possível buscar em posts, comentários e ações. Com isso, todas as
informações que usuário publicou no seu perfil (onde trabalhou e
estudou, onde nasceu, e inclusive idiomas e religião), irão aparecer nos
resultados de buscas. Páginas e interesses que o usuário curtiu também
serão considerados nas pesquisas.

Lugares relacionados de acordo com a prefer?ncia de amigos. (Foto: Divulga??o)Lugares relacionados de acordo com a preferência de amigos. (Foto: Divulgação)

área de Privacidade
A novidade parece ser invasiva sob o ponto de vista de privacidade.
Para evitar complicações, o Facebook já havia anunciado em dezembro a
atualização das ferramentas de controle de privacidade (veja aqui).
Por meio dessa reformulação, os integrantes da rede começam a
visualizar novas formas de controlar como e para quem exibem fotos,
posts, check-ins e outros conteúdos, além de saber administrar de forma
mais prática em quais conteúdos foram marcados por outras pessoas na
rede. Ou seja, dependendo da forma que o perfil estiver sendo
configurado, é possível influenciar na relevância do resultado da busca
do novo mecanismo.

Público e privado
Se o usuário tornou alguma de suas informações “Pública”, pessoas que
não estão nas suas conexões poderão encontrá-lo nas buscas. Para
controlar quem pode ver os seus dados na rede social, o usuário deve
editar as configurações na guia “Sobre”, da sua linha do tempo. Cada
item traz um ícone representado por um mundo pequeno, no topo à direita,
onde o usuário pode escolher quem pode ver cada informação.

Definindo o n?vel de privacidade do perfil no Facebook.(Foto: Reprodu??o) (Foto: Reprodu??o)Definindo o nível de privacidade do perfil no Facebook.(Foto: Reprodução) (Foto: Reprodução)

Todo o conteúdo marcado como privado será desconsiderado pela busca. Se
o usuário não quer que determinada informação apareça nos resultados,
ele pode selecionar a opção “somente eu” ou simplesmente não colocar
esse dado na rede social.

Fotos
Com a busca social também é possível fazer pesquisa nas fotos
publicadas no Facebook. O usuário pode configurar quem pode acessar suas
imagens na rede social. Porém, fotos postadas pelos amigos continuarão
acessíveis no site mesmo quando ele se desmarcar da imagem. Ocultar uma
foto da sua linha do tempo também não muda quem pode ver a imagem no
site. Para impedir que qualquer pessoa veja a foto, o usuário deve pedir
ao amigo para excluir a imagem do Facebook.

Quem pode me procurar?
Outro item é “Quem pode me procurar?”. Aqui, o usuário pode definir
quem pode encontrá-lo na rede social pelo seu nome, endereço de e-mail
ou telefone. As opções são ‘todos’, ‘amigos de amigos’ ou ‘apenas
amigos’.

Restringindo o acesso as informa??es pessoais do perfil. (Foto: Reprodu??o)Restringindo o acesso as informações pessoais do perfil. (Foto: Reprodução)

Embora o “Graph Search” esteja em fase de testes, sendo liberado
gradativamente aos usuários que tiverem os seus perfis com o idioma
inglês como padrão, é possível solicitar a entrada na fila de espera,
clicando neste link.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2013/01/saiba-o-que-busca-do-facebook-pode-encontrar-sobre-voce.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *