Software como serviço: mercado deve dobrar em cinco anos - Asplan Sistemas

Software como serviço: mercado deve dobrar em cinco anos


Expansão do setor está relacionada à necessidade das empresas reduzirem custos, assim como à popularização das ofertas de SaaS 

A possibilidade de contratar o software como serviço – modalidade
conhecida pela sigla SaaS (Software as a Service, em inglês) -, em vez
de comprar licenças, tem atraído um número crescente de empresas. Como
prova disso, o Gartner prevê que, em todo o mundo, esse setor deve
movimentar US$ 21,3 bilhões, em 2015, o que representa mais do que o
dobro dos US$ 10 bilhões contabilizados em 2010.

“Depois de mais uma década de uso, a adoção do SaaS continua a crescer e
conquistar o mercado de aplicativos empresariais”, analisa Tom Eid,
vice-presidente de pesquisas do Gartner, no relatório sobre a pesquisa.
Ainda segundo ele, o crescimento do setor está diretamente relacionado a
orçamentos cada vez menores de TI, o que exige soluções alternativas,
assim como a popularização dessa oferta, que é uma das modalidades de cloud computing (computação em nuvem).

Ainda de acordo com Eid, as preocupações sobre segurança, tempo de
resposta e disponibilidade do software como serviço deixaram de existir
para muitas organizações, por conta da maturidade do conceito.

O Gartner estima que 75% dos atuais contratos de software tendem a ser
expandidos para outros serviços na nuvem, um índice que pode atingir 90%
até 2015, quando o modelo estiver ainda mais maduro.

Quanto aos aplicativos contratados como SaaS, a maior demanda tem sido
pela adoção dos softwares de CRM (gestão de relacionamento com clientes)
como serviço. O relatório calcula que esse mercado deve somar US$ 3,8
bilhões em 2011.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/software_como_servico_mercado_deve_dobrar_em_cinco_anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *