Certificação Digital, Certificado Digital

Certificação digital: qual a sua importância?

A segurança nas transações eletrônicas utilizando a internet tem sido uma das maiores preocupações dos gerentes financeiros, de controladoria e de contabilidade. A certificação digital está aí para garantir que você esteja em um ambiente seguro e protegido de fraudes.

Atualmente, a maioria das transações feitas entre empresas, de organizações com os bancos e de companhias com os órgãos governamentais são feitas utilizando a rede mundial de computadores. As pessoas físicas também são usuárias assíduas da web para a realização de pagamentos, compras e envio de dados sigilosos, por exemplo.

O objetivo deste post é explicar o que é um certificado digital, suas funções, vantagens, tipos e como fazer a sua aquisição. Confira a sua importância para a sua garantia, tranquilidade e sucesso de seu negócio!

Conceito de certificação digital

Certificação digital é uma assinatura eletrônica que permite as transações eletrônicas serem feitas asseguradas de confiabilidade, integridade e autenticidade. Ela evita que alterações e interceptações ocorram, trazendo adulteração no conteúdo trafegado.

É a garantia de que a informação que saiu de determinado computador chegue ao seu destino de maneira íntegra, preservando e autenticando o seu remetente.

Tipos de certificação

Existe uma gama de tipo de certificados digitais para uso específico, mas citaremos os três mais comuns e suas características:

e-CPF:

Identificação pessoal, exclusiva para pessoas físicas.

e-CNPJ

Identificação empresarial, vinculada a um CNPJ e emitida para o representante legal da empresa. É imprescindível para o envio dos dados fiscais e contábeis para os órgãos governamentais.

e-NFe

Utilizado para a emissão e armazenamento de notas fiscais eletrônicas.

Funções

Com a certificação digital pode-se enviar, consultar e retificar as suas informações, como nos exemplos abaixo:

  • pessoas físicas: acessar o eSocial e o eCAC da Receita Federal;
  • pessoas jurídicas: assinar as escriturações contábil e fiscal (SPED); realizar transações com a Receita Federal e a Previdência Social; enviar e retificar dados no CAGED; consultar as intimações relativas à DCTF; impressão do DARF; operar o Siscomex; entre outros.

As vantagens

As principais vantagens da utilização da certificação digital são: agilidade, redução de custos e segurança.

Anteriormente, alguns procedimentos exigiam a presença física do representante da empresa nos órgãos governamentais. Além disso, demandavam uma série de documentos autenticados.

Com o emprego da certificação digital tudo isso pode ser feito remotamente, com segurança e rapidez, diminuindo o tempo gasto e o custo com deslocamentos desnecessários.

Aquisição do certificado digital

A obtenção da certificação digital é feita por meio de uma autoridade certificadora (AC). No Brasil, as autoridades certificadoras são subordinadas ao ICP Brasil — Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira — que monitora a emissão dos certificados. Por sua vez, as políticas do ICP Brasil são mantidas e determinadas pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação — ITI —, autarquia federal instituída em 2001.

As autoridades certificadoras são entidades, públicas ou privadas, encarregadas de emitir, distribuir, renovar, cancelar e gerenciar os certificados digitais. Há uma série de autoridades certificadoras habilitadas no mercado. Faça a sua escolha!

E você, ficou com alguma dúvida sobre a certificação digital? Aproveite para nos dizer sua pergunta ou contar sua experiência por meio dos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *