Auditoria Fiscal

Você sabe como se preparar para uma auditoria fiscal? Aprenda em 3 passos!

A auditoria fiscal é uma ferramenta utilizada para fins corretivos ou preventivos, fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Por meio dela, os gerentes conseguem verificar todos os acúmulos de contingências fiscais e tributárias, além de detectar pontos que carecem de melhorias ou modificações.

Essa auditoria pode ser realizada por um profissional interno ou por uma empresa especializada no assunto. Ela tem como objeto encontrar possíveis erros, falhas ou brechas que possam prejudicar a empresa.

Obviamente, submeter a empresa a uma auditoria exige certos cuidados, principalmente para evitar que sejam apontados muitos itens não-conformes. Sabendo disso, separamos neste post 3 passos para você se preparar para uma auditoria fiscal!

1. Separe minuciosamente a documentação necessária

Em uma auditoria fiscal são solicitados diversos documentos para comprovar as contas e informações da empresa. Por isso, é fundamental que, anteriormente à auditoria, os gerentes façam um levantamento de todos os documentos que eventualmente sejam necessários e separem para serem devidamente apresentados.

Entre os documentos que devem ser separados, podem-se destacar os seguintes:

  • comprovantes de aquisição de insumos, materiais, bens, ativos, etc;
  • faturas de energia elétrica, telecomunicação, entre outros;
  • notas fiscais;
  • livros de registro de entradas, saídas, apuração do ICMS e IPI, etc.

É essencial que todos esses documentos sejam separados, pois podem ser requisitados a qualquer momento pelos auditores.

2. Mantenha o time alinhado

Um detalhe básico, mas que muitas vezes passa despercebido em uma auditoria fiscal, é o posicionamento do time diante dos auditores e durante as auditorias. É de extrema importância que todos os funcionários, ao serem auditados, estejam alinhados e por dentro de tudo o que está acontecendo na empresa.

Por isso, para se preparar para uma auditoria fiscal, é de suma importância que os gerentes façam reuniões com os funcionários e mantenham todo o time ciente do posicionamento da empresa e dos trabalhos que têm sido realizados.

Uma dica para que o negócio consiga atender devidamente os auditores é: separar líderes e responsáveis para cada setor ou para cada detalhe. Isso garante que as informações apresentadas na auditoria sejam corretas e que a empresa mostre que todos trabalham da mesma forma, eliminando, assim, as chances de não conformidades.

3. Utilize um software de gestão

Para facilitar o processo de auditoria e ajudar os gerentes a terem maior controle sobre as informações e detalhes da empresa, é fundamental que o negócio possua um software de ERP (Enterprise Resource Planning — planejamento de recursos corporativos).

Esse sistema integrado de informação é o grande responsável por juntar todos os dados e informações do negócio em um único local, garantindo maior controle e facilitando os trabalhos. Um software ERP, além de permitir o gerenciamento de todas as contas e certificados da empresa, possibilita também a emissão eletrônica de documentos, notas e outras informações, bem como o seu armazenamento.

Pode-se dizer que sistema ERP não auxilia somente no gerenciamento do negócio e facilita o controle de informações, mas também é uma ferramenta imprescindível nas auditorias fiscais, permitindo o acesso a todas as informações e documentos da empresa.

Agora que você já sabe como se preparar para uma auditoria fiscal, não deixe de curtir a nossa página no Facebook e fique por dentro das melhores dicas e novidades para a sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *