5 Indicadores De Gestao Que Voce Deve Acompanhar.jpeg

5 indicadores de gestão que você deve acompanhar

Seja sua organização de pequeno, médio ou grande porte, é por meio dos KPIs (Key Performance Indicator) que você poderá mensurar se os objetivos estratégicos traçados pela direção estão sendo atingidos ou não.

Por isso, neste artigo, vamos descrever para você os principais indicadores de gestão que devem ser acompanhados por todo empreendedor ou tomador de decisão de empresas.

Então, siga a leitura veja quais são os 5 indicadores de gestão mais importantes para auxiliá-lo a conhecer o desempenho corporativo e aumentá-lo consideravelmente. Confira!

1. ROI (Return Over Investment)

Essa é uma métrica muito popular atualmente entre os empresários e gestores de empresas. O motivo da popularidade desse indicador é a simplicidade que envolve seu cálculo, somada à capacidade de retratar o sucesso do negócio.

O ROI mede o retorno sobre o investimento, ou seja, o quanto a empresa está lucrando ou tendo prejuízo em relação a cada investimento realizado.

Assim, esse indicador calcula quantos reais de retorno foram ganhos por real que foi investido. Ele pode ser mensurado em diferentes áreas do negócio, como marketing, vendas, atendimento ao cliente, entre outros.

Veja só como é realmente simples e fácil medir o ROI da sua empresa por meio da fórmula abaixo:

ROI = [(Receita – Custo) / Custo] x 100

Portanto, você precisa subtrair da receita do investimento que está sendo mensurado o valor que ele custou, dividir o resultado também por esse custo e, por fim, multiplicar o valor por 100.

Se você chegar a um resultado de 2, por exemplo, quer dizer que para cada R$ 1,00 investido, retornaram R$ 2,00 para o caixa da empresa.

2. Volume de vendas

Não importa se você é o gestor de um negócio com foco em produtos ou serviços, se tem uma microempresa ou uma organização de grande porte, pois todo empreendimento tem como objetivo comum vender. Afinal, uma empresa que não faz boas vendas não ficará de portas abertas por muito tempo.

Se você tem dúvidas se a sua empresa está vendendo bem, provavelmente, é porque ainda não faz o acompanhamento desse indicador de desempenho. Existem maneiras diferentes de mensurar o volume de vendas, sendo que as transações únicas e a receita costumam ser as mais utilizadas entre todos os segmentos de negócios em geral.

Uma dica importante para saber como andam suas vendas é medir também sua margem de lucro, sua taxa de conversão (também conhecida como Win Rate) e o tempo de cada venda (lead time).

O cálculo da taxa de conversão é feito por meio da divisão do número total de clientes pelo número total de leads (potenciais clientes) de um determinado período.

Win Rate = novos clientes / leads

Já o lead time deve ser calculado partindo do tempo de início da produção do produto até a entrega ao cliente, contemplando, portanto, todo o ciclo de operações necessárias para que essa entrega seja realizada.

3. Funcionários satisfeitos

Uma empresa é feita principalmente de pessoas. Por isso, estar atento ao nível de satisfação do seu público interno é extremamente importante.

Seus colaboradores são os responsáveis por fazer que a operação do seu negócio transcorra com sucesso, desde a produção até a venda ao cliente final.

Além disso, os custos que envolvem a contratação e o treinamento de um funcionário são altos. E um empregado insatisfeito não vai pensar duas vezes antes de mudar de emprego, mesmo que a diferença de salário que a concorrência ofereça não seja tão grande. Então, nada mais lógico do que saber se eles estão felizes trabalhando na empresa, não é mesmo?

Para mensurar o nível de satisfação do seu quadro de colaboradores, você deve pedir que eles respondam a três perguntas:

  1. Qual o seu nível de satisfação com o lugar onde você trabalha?
  2. O quanto seu local de trabalho corresponde às suas expectativas?
  3. Quanto falta para que a empresa satisfaça plenamente o que você espera?

Impute um valor de 1 a 10 para cada resposta e aplique a fórmula abaixo:

Índice de Satisfação = {[(Soma das respostas / 3) – 1] / 9} x 100

Considere como resultado ideal 100%, pois esse deve ser sempre o objetivo a ser alcançado em sua organização.

4. Entrega dentro do prazo

Como o indicador que mensura a satisfação dos funcionários, esse KPI — que tem como objetivo medir o prazo de entrega da venda — também deve estar sempre no índice de 100%. Afinal, efetivar uma venda e entregar o seu produto ou serviço com atraso será, com toda certeza, motivo de grande descontentamento do cliente.

E um cliente insatisfeito vai falar mal da sua empresa para todo mundo que ele tiver oportunidade. Esse é um grande risco de seu negócio amargar prejuízos, tanto ao perder clientes quanto ao deixar de ganhar novos consumidores.

Por isso, mensurar o nível de efetividade na entrega do produto ou serviço é fundamental. Mas não é só isso. Você também precisa acompanhar indicadores que calculem a qualidade dessa entrega, de acordo com o modelo e particularidades do seu negócio.

5. Problemas de cliente resolvidos no primeiro contato

Se uma empresa é feita principalmente de seres humanos, como dissemos acima, isso significa que erros vão acontecer. Afinal, ninguém é perfeito. Até aí, tudo certo, pois essa não será uma exclusividade da sua empresa. O que realmente importa não são os problemas e sim a maneira como eles são resolvidos.

Isso inclui, em especial, o tempo que leva para que determinado entrave com o cliente seja solucionado. Portanto, esteja sempre atento a quantas reclamações feitas por clientes infelizes conseguem ser sanadas logo no primeiro contato.

Ao resolver o problema do seu consumidor sem que ele tenha que ficar ligando para sua empresa mais de uma vez, você tem a oportunidade de virar o jogo, transformando um cliente insatisfeito em um consumidor fidelizado.

Isso se dá pelo simples fato de a empresa transmitir valores como atenção, importância e preocupação com o que ele está passando.

Neste post, você conheceu 5 indicadores de gestão que todo profissional pertencente à alta direção deve acompanhar em sua empresa. Dessa forma, decisões mais acertadas serão tomadas, com base na análise de dados concretos do negócio.

Gostou de conhecer esses indicadores? Então, aproveite a visita ao blog e assine nossa newsletter para ficar por dentro de mais dicas empresariais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *